What is a JSON feed? Learn more

JSON Feed Viewer

Browse through the showcased feeds, or enter a feed URL below.

Now supporting RSS and Atom feeds thanks to Andrew Chilton's feed2json.org service

CURRENT FEED

E-farsas – Desvendando fake news desde 2002!

Desvendando fake news desde 2002!

XML


Fake em Nóis: A Loira do Banheiro, quadros de criança chorando e o Bebê Diabo!

Permalink - Posted on 2021-10-14 00:16

Nesse episódio, Gilmar Lopes e Pirulla acabam com traumas de infância esclarecendo a verdade sobre 3 lendas urbanas dos anos de 1970 a 1990!

Hoje, em homenagem ao dia das crianças, O Fake em Nóis explica quais foram as origens de algumas das lendas que circulavam antes mesmo da internet surgir.

Essa semana, descubra junto com a gente:

  • A verdade sobre a loira do banheiro!
  • É verdade que os quadros de crianças chorando são amaldiçoados?
  • E como surgiu a lenda do Bebê Diabo do ABC?

Para ver na íntegra, clique no player abaixo:

Muito obrigado pela audiência e pelos comentários! O Fake em Nóis vai ao ar toda quarta-feira, às 18:30, no canal Mov do YouTube!

Links pesquisados


Um homem tatuou a frase “fora Bolsonaro” no ânus?

Permalink - Posted on 2021-10-11 14:47

É verdade que um homem tatuou a frase “fora Bolsonaro” no seu ânus em um protesto contra o presidente da República?

A notícia surgiu em grupos de WhatsApp e nas demais redes sociais na segunda semana de outubro de 2021 e mostra um homem deitado de bruços, sem roupas, sendo aparentemente tatuado nas nádegas.

O texto que acompanha a imagem afirma que o sujeito, que teria estrelado em mais de 500 apresentações ao redor do mundo, teria feito a tatuagem com a frase “fora Bolsonaro” na frente de inúmeras pessoas como um ato político, protestando contra as polêmicas medidas de Bolsonaro, que – segundo o texto compartilhado – não simpatiza com as causas LGBT. 

Alguns sites publicaram sobre o assunto, e várias figura públicas também ajudaram a compartilhar o alegado ato de protesto em seus perfis nas redes sociais, mas será que isso é verdade ou mentira?

Homem teria feito uma tatuagem no ânus com a frase "fora Bolsonaro"! Será verdade? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

A foto é real, mas a história é falsa!

O homem que aparece nu na foto é o artista navarro chamado Abel Azcona e a foto foi tirada em março de 2017, durante uma performance em uma galeria de arte em Chicago (EUA).

Azcona tatuou seu ânus ao vivo com a frase “Make America Great Again“, slogan de campanha do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. 

A frase “Make America Great Again” (“faça a américa grande de novo”, em inglês), que já foi usada na campanha presidencial de Ronald Reagan, em 1980, voltou a ser usada constantemente por Donald Trump.

A apresentação ocorreu em duas salas separadas. De um lado, o artista e o tatuador (com mais dois assistentes) e na outra sala, uma plateia poderia acompanhá-lo ao vivo.

Conclusão

Não é verdade que um homem tatuou a frase “fora Bolsonaro” em uma parte de seu corpo! A foto usada para disseminar essa desinformação foi tirada de uma apresentação feita em março de 2017, por um artista que protestava contra o governo de Donald Trump! 


Um jornalista se queimou ao colocar a mão na lava de um vulcão ao vivo?

Permalink - Posted on 2021-10-08 01:59

É verdade que um repórter se feriu gravemente após colocar a mão na lava do vulcão Cumbre Vieja ao vivo?

A notícia surgiu em diversos sites e blogs na primeira semana de outubro de 2021 e afirma que um jornalista teria sofrido queimaduras intensas após colocar a mão na lava de um vulcão que havia entrado em erupção nas Ilhas Canárias semanas antes.

No texto que também foi compartilhado nas redes sociais, o profissional teria dito que essa era a primeira vez que ele tocou numa lava e que não imaginava que era tão quente…

Será que isso é verdade mesmo?

Um repórter teria se queimado gravemente ao colocar a mão na lava de um vulcão! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

No dia 19 de setembro de 2021, o complexo vulcânico chamado Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (no arquipélago espanhol das Canárias) entrou em erupção, causando enorme transtorno e destruição ao seu redor. 3 dias após, as erupções já haviam destruído mais de 300 construções e sua lava já havia percorrido mais de 150 hectares!

As autoridades locais estão tomando várias providências para aumentar a segurança do local e para preservar a vida dos moradores da região, o que não impede que alguns aventureiros e irresponsáveis cheguem mais perto que o recomendado.

É o caso desse sujeito, que se aproximou mais do que a prudência (e as autoridades) permite e acabou tocando em uma rocha vulcânica que havia acabado de rolar em sua direção.

Quem lê as publicações espalhadas a respeito pode ficar com a impressão de que um repórter de alguma emissora de rádio o de TV (ou de qualquer outra entidade jornalística) teria ido até o vulcão, colocado a mão lá dentro e perdido o membro em meio ao calor da lava, mas não foi isso que aconteceu…

Vendo as imagens, podemos perceber duas coisas:

  1. o homem não é um jornalista e não está a serviço de nenhuma emissora de TV, de rádio ou jornal;
  2. o homem não se queima gravemente como foi espalhado

Confira no vídeo abaixo o momento em que ele encosta a mão na rocha ainda quente:

Alguns sites de língua espanhola publicaram que o homem que aparece no vídeo se chama Alejandro Rodriguez, mas isso não é verdade. Alejandro é, sim, um jornalista espanhol que está cobrindo o caso do vulcão em La Palma e que, inclusive, foi muito criticado por aparecer em reportagens muito próximo das lavas. Mas não foi ele que queimou a mão.

No vídeo abaixo podemos comparar os dois homens e ver que são duas pessoas diferentes:

Origens

No dia 21 de setembro de 2021, um homem publicou um vídeo numa rede social espanhola chamada SocialDrive, mostrando a si mesmo próximo da lava do vulcão e tocando em uma rocha que rola em sua direção. O vídeo também foi publicado no perfil da SocialDrive no Twitter no mesmo dia:

Note que o perfil não afirma que se trata de um jornalista ou de algum enviado de um jornal ou coisa do tipo.

Quem mais se aproxima da verdade é o portal de notícias espanhol Nius Diario, e o jornal El Imparcial, que definem o homem como um “repórter amador”.

Rapidamente, usuários de outras redes sociais começaram a republicar o vídeo, como essa postagem feita no perfil da Gran Canaria TV no Facebook. Em momento algum, o perfil da emissora afirmou que o sujeito fazia parte de algum programa da casa.

Logo mais, no dia 23, o programa humorístico Los Teloneros mostrou o trecho do homem “queimando” a mão na lava, tratando o homem como “um repórter das Ilhas Canárias”.  

Conclusão

Um homem queimou levemente a palma da mão ao encostar em uma rocha vulcânica. Diferente do que se espalhou, ele não é jornalista (no sentido de estar ali a serviço de alguma empresa jornalística) e também não se feriu gravemente ao cometer essa imprudência! 


Especial Curiosos – Episódio 2: Boatos sobre veículos voadores e terrestres!

Permalink - Posted on 2021-10-07 13:00

Nesse 2º especial, fizemos um apanhado com 5 notícias que pesquisamos para o programa Olá Curiosos sobre veículos! 

No vídeo de hoje, juntamos 5 das nossas participações semanais no canal do Guia dos Curiosos com o quadro Verdadeiro ou Farsa a respeito de boatos envolvendo veículos. 

Para assistir e descobrir o que é verdade e o que é farsa, clique no vídeo abaixo:

Conheça o canal do E-farsas no YouTube e se inscreva para não perder nenhum vídeo novo! 


Fake em Nóis: Existem Zumbis na vida real?

Permalink - Posted on 2021-10-06 23:57

Pirulla e Gilmar falam nesse divertido episódio sobre como os filmes de zumbi viraram um tema recorrente na cultura pop e como casos reais de zumbificação acontecem na natureza!

A origem do termo “zumbi” como nós usamos hoje remonta os tempos da escravidão africana nas Américas. A ideia de que algum xamã poderia reanimar os corpos dos mortos ou dar alguma poção para uma pessoa que a transformaria em um zumbi está muito presente no folclore dos haitianos. Isso foi até usado lá na época da colonização francesa pra assustar os trabalhadores, dizendo que se eles não se comportassem direito, ou tentassem se matar, continuariam sendo escravos depois da morte, como zumbis. Escravidão estendida.

Não por acaso, aquele que é considerado o primeiro livro que trata de zumbis, se passa no Haiti. Chama-se A Ilha da Magia, publicado em 1929 pelo norte-americano William Seabrook, e o autor afirma ter conhecido zumbis de verdade em uma viagem àquele país!

No Fake em Nóis dessa semana, falamos um pouco sobre algumas das mais importantes obras de ficção envolvendo zumbis, como os filmes A Noite dos Mortos-Vivos, Extermínio Guerra Mundial Z.

Aproveite para conhecer o mecanismo usado por um fungo, que transforma a formiga hospedeira em um zumbi para se espalhar na natureza. 

Falamos também de uma vespa que bota seus ovos dentro das aranhas e toma o controle motor das pobrezinhas, forçando-as a construir casulos ao invés de teias!

Para conhecer mais sobre o assunto, clique no player abaixo:

Muito obrigado pela audiência e pelos comentários! O Fake em Nóis vai ao ar toda quarta-feira, às 18:30, no canal Mov do YouTube

Links citados

  • https://www.omelete.com.br/filmes/noite-dos-mortos-vivos-dominio-publico
  • https://www.nytimes.com/2019/10/24/science/ant-zombies-fungus.html
  • https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(97)04449-8/fulltext
  • https://www.youtube.com/watch?v=L57d-vPkiQM


Uma mulher foi presa na frente dos filhos no Canadá por não apresentar o passaporte sanitário?

Permalink - Posted on 2021-10-02 13:50

É verdade que lá no Canadá uma mulher foi algemada e levada para a cadeia na frente dos filhos apenas por não apresentar o passaporte de vacinação?

O vídeo começou a circular no final de setembro de 2021 e mostra uma mulher sendo presa por dois policiais na frente de algumas crianças que choram copiosamente. De acordo com algumas versões do texto que acompanha as imagens, a mulher seria a mãe das crianças e teria sido presa “apenas” por não estar com seu passaporte sanitário (um documento que comprova que a pessoa foi vacinada) e que o governo do Canadá estaria colocando em prática seu plano ditatorial de prender com truculência os cidadãos que se recusam a receber a vacina contra a COVID-19.

O vídeo, que foi publicado no dia 29 de setembro de 2021 no Facebook (e depois nas demais redes sociais) já foi visto milhões de vezes, mas será que é real?

Mulher teria sido presa na frente dos filhos por não mostrar o passaporte sanitário! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

No dia 22 de setembro de 2021, o Ministério da Saúde de Ontário divulgou o início da vigência de um documento apelidado de “passaporte sanitário” cuja função é mostrar que seu portador já foi completamente imunizado contra o novo coronavirus. O governo de Ontário esclareceu que a exigência da apresentação do documento é, a princípio, para a entrada em estabelecimentos de atividades não essenciais.

A apresentação do passaporte de vacinação (na versão digital ou impressa) será exigida de 22 de setembro a 22 de outubro de 2021, e já está sendo solicitada na entrada de locais como bares, restaurantes, cinemas e instalações esportivas indoor.

Quem não cumprir a lei, seja empresa ou pessoa física, poderá ser obrigada a se retirar do local e ser multado. 

Em relação ao caso da mulher que aparece sendo algemada no vídeo, trata-se de uma publicação feita por Josh Dawson em seu perfil no Facebook no dia 29 de setembro de 2021, onde ele mostra dois policiais algemando a sua companheira, Sara, na frente dos filhos. O homem, que preferiu filmar a ação dos policiais ao invés de acalmar as crianças, afirma que a mulher foi presa por não apresentar o tal passaporte sanitário.

Acontece que, nesse caso, houve exagero de ambos os lados. Tanto por parte da mulher (e do homem que estava filmando) quanto dos policiais. O diretor do estabelecimento (talvez por medo de ter que pagar multas e/ou de expor os demais clientes à COVID) pediu um comprovante de vacinação para a moça e ela se negou a apresentar. A Polícia foi acionada e avisou que se ela não apresentasse tal documento, teria que se retirar. Como ela não fez nem uma coisa e nem outra (e o cinegrafista ainda ficou tentando intimidar os oficiais), foi presa por invasão de propriedade!

De acordo com uma lei canadense de 1990 ainda em vigor, invadir um espaço – seja ele público ou privado – e se recusar a sair é cadeia e multa. Sem conversa…

Lei de 1990 sobre invasão de propriedades no Canadá! (foto: reprodução/Reddit/via Google Translate)

Lembre-se: quem não cumpre leis é criminoso!

Em Toronto, também no Canadá, uma idosa foi proibida de comer em uma lanchonete por não apresentar o documento de vacinação. O caso aconteceu no dia 22 de setembro de 2021, quando a lei obrigando a apresentação já estava valendo.

A idosa mostra apenas seu cartão de saúde que, por lei, não serve para comprovar a imunização:

 Sara está bem e em liberdade

Apesar das cenas fortes dos policiais algemando a mulher na frente das crianças aos prantos, Sara passa bem e a Justiça até foi benevolente com ela. Segundo o próprio Dawson, sua companheira pagou apenas US$65 (valor bem abaixo do que a imposta pela lei sanitária de setembro de 2021 e a lei de invasão de propriedade de 1990) e foi liberada:

“O destacamento Kincardine OPP levou Sara algemada à Escola Pública de Ripley, emitiu uma multa de US$ 65 alegando invasão de propriedade, a levou de volta à Ripley Arena, e baniu ela da arena para sempre.” 

Conclusão

O vídeo que mostra uma mulher sendo algemada na frente dos filhos é real e foi filmado em uma área de patinação comunitária em Ontário, no Canadá. A mulher foi presa por invasão de propriedade ao recusar a sair do local quando sua carteirinha de vacinação foi solicitada!


Vazaram documentos da OMS sobre as novas cepas da COVID-19?

Permalink - Posted on 2021-10-01 00:19

É verdade que a Organização Mundial de Saúde já tem um cronograma para soltar novas variantes do coronavirus para os próximos anos?

O documento que teria vazado da OMS se espalhou nas redes sociais no final de setembro de 2021, como nessa postagem feita em grupos do Facebook a partir do dia 28 de setembro de 2021, e mostra o que parece ser uma planilha com letras do alfabeto grego ao lado de datas.

De acordo com o texto que acompanha a imagem, uma radialista norte-americana chamada Michele Moore teria vazado o documento na Organização Mundial de Saúde, cujo conteúdo seria um cronograma de futuras cepas do coronavírus. O intuito da OMS com a invenção dessas novas cepas, segundo o que se espalhou, seria o de forçar a vacinação periódica, o que – ainda segundo o texto – encheria as pessoas de óxido de grafeno para conectá-las ao 5/G.   

Será que isso é verdade mesmo?

Documento que teria vazado da OMS mostra que a instituição tem a intenção de inventar variantes do coronavirus até 2023 para forçar a vacinação! Será verdade? (foto: reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Em junho de 2021, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou as nomenclaturas das novas variantes do novo coronavírus. A ideia da instituição foi a de usar letras do alfabeto grego como forma de tornar as nomenclaturas simples, fáceis de se pronunciar e de lembrar.

Além disso, atribuir uma letra às novas cepas da doença contribui também para não estigmatizar a região onde a variante foi descoberta (você com certeza deve ouvir até hoje um ou outro chamando o novo coronavirus de “vírus chinês”). O governador de um estado brasileiro (Sergipe por exemplo) que descobre uma nova variante na sua região poderia ficar receoso de informar às autoridades sanitárias a descoberta, pois ela poderia ficar conhecida como “o vírus sergipano”…

Para chegar à decisão de nomear as novas variantes da COVID-19, a OMS reuniu um grupo de especialistas parceiros de todo o mundo, incluindo especialistas que fazem parte dos sistemas de nomenclatura existentes, especialistas em nomenclatura e taxonomia de vírus, cientistas e autoridades nacionais.

O que são as variantes?

Os vírus são organismos que sofrem modificações naturalmente quando se replicam. Uma cepa é uma variante que se constitui e se comporta de maneira diferente em relação ao vírus original. Com a disseminação do novo coronavirus no mundo todo, mais cedo ou mais tarde novas versões desse vírus iam aparecer (que foi o que aconteceu e continuará acontecendo).

A lista é real?  

Dito isso tudo, vamos ao conteúdo do “documento vazado”. Trata-se de uma grande mentira requentada, de alguns meses atrás. Como mostrado pelo site português Observador, em julho de 2021, essa mesma história já era compartilhada nas redes sociais dos usuários portugueses. 

Os órgãos citados no tal documento negaram terem participado da confecção dessa lista, que está sendo compartilhada e cheia de erros.

Logo de cara, podemos ver que a lista aponta erroneamente que a variante Delta teria sido “inventada” pela OMS em junho de 2021, mas basta uma busca rápida no Google pra gente descobrir que cientistas já haviam encontrado ocorrências dessa cepa em maio de 2020. Na época (antes da definição de nomenclaturas da OMS), ainda era chamada de B.1.617.2.

Quanto à variante Epsilon, a lista afirma que ela havia sido “inventada” pela OMS apenas em julho de 2021. No entanto, ela foi identificada na Califórnia um ano antes.

Atualmente, a OMS acompanha o comportamento de 4 variantes de preocupação: a alpha, beta, gama e delta, além de mais quatro variantes de interesse (a eta, iota, kappa e lambda).

A vacinação vai te encher de óxido de grafeno e te conectar ao 5G?

O óxido de grafeno é uma forma de carbono que possui, dentre várias características, uma ótima condutividade elétrica e já é usado em pesquisas na área da saúde. Essa matéria do Jornal da Unicamp, de março de 2017, mostra que esse nanomaterial pode ser promissor no tratamento de certos problemas neurológicos. 

No entanto, nenhuma das vacinas usadas atualmente no controle do surto da COVID-19 no mundo contém óxido de grafeno. Além disso, mesmo que houvesse o tal grafeno nas vacinas, não há nenhuma forma de ligar isso ao sinal de celular 5G (que, aliás, nem está disponível ainda no Brasil).

Conclusão

A lista que circula nas redes sociais com variantes que ainda seriam “inventadas” nos próximos anos pela OMS para forçar as pessoas a tomarem mais vacinas é falsa! Pelo menos 9 das variantes listadas já foram catalogadas nos meses anteriores.  


Especial Curiosos – Episódio 1: Júpiter, bota lunar e Lua gigante!

Permalink - Posted on 2021-09-30 13:00

Nesse vídeo, explicamos o que é verdade e o que é fake em 5 histórias envolvendo viagens espaciais! Confira!

De volta às checagens em vídeo, juntamos nesse primeiro episódio de 7 algumas das nossas participações semanais no canal do Guia dos Curiosos com o quadro Verdadeiro ou Farsa.

Nesse primeiro especial, juntamos 5 vídeos que apresentamos desde o começo do ano com um tema em comum: viagens espaciais e mistérios do espaço.

Para assistir, clique no vídeo abaixo:

Conheça o canal do E-farsas no YouTube e se inscreva para não perder nenhum vídeo novo! 

Vídeo editado por 3,14Poca!


Fake em Nóis: Dicas de livros, filmes, podcasts e documentários!

Permalink - Posted on 2021-09-29 23:37

Nesse episódio, Gilmar Lopes e Pirulla contam o que estão consumindo de conteúdo e dão dicas de livros, filmes, podcasts e documentários pra você!

No Fake em Nóis dessa semana, mostramos com muito bom humor algumas das coisas que andamos consumindo nos principais meios de comunicação: Quais livros, canais do YouTube, filmes, documentários… o que essa duplinha anda assistindo, hein?

Para descobrir, clique no player abaixo:

Muito obrigado pela audiência e pelos comentários! O Fake em Nóis vai ao ar toda quarta-feira, às 18:30, no canal Mov do YouTube

Links citados no programa


Povo incendeia carros após promulgação da nova Constituição da Venezuela! Será verdade?

Permalink - Posted on 2021-09-29 01:09

Vídeo compartilhado através de grupos de WhatsApp mostra manifestantes incendiando carros e motos em protesto à nova Constituição promulgada na Venezuela! Será verdade?

O vídeo tem pouco mais de 1 minuto de duração e voltou a ser compartilhado em grupos de WhatsApp no final de setembro de 2021. Nele podemos ver um grupo de pessoas incendiando veículos em uma estrada e, de acordo com o áudio que acompanha as imagens, trata-se de uma das muitas demonstrações de fúria do povo, que teria perdido todos seus direitos após a promulgação da nova Constituição na Venezuela!

Será que isso é verdade mesmo?

Trecho do áudio que acompanha o vídeo: “É, pessoal. Hoje foi promulgada a nova Constituição da Venezuela. Tiraram todos os direitos das pessoas, não tem mais universidades […] Isso que está acontecendo, que vocês estão vendo nesse vídeo, é a revolta das pessoas” (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

O vídeo é real, mas não foi gravado na Venezuela!

Uma versão desse vídeo já havia circulado em junho de 2021 no Facebook e, na ocasião, o que se espalhou foi que os protestos teriam ocorrido por falta de petróleo no país.

A verdade mesmo é que o vídeo é de maio de 2021 e foi gravado na Colômbia. Nessa publicação feita no perfil do Twitter Vanguardia podemos ver os protestos de outro ângulo:

O perfil da Polícia Colombiana também publicou uma série de fotos e vídeos das manifestações:

Protestos em todo o país

O descontentamento do povo colombiano com o governo de Iván Duque já vinha sendo externado através de manifestações em todo o país meses antes. Os protestos que atingiram vários municípios foram convocados por jovens e contaram com o apoio de idosos e de populações minoritárias.

O presidente da Colômbia é filiado ao partido de centro-direita chamado Centro Democrático e nada tem de comunista.

Especificamente esse vídeo que se espalhou como sendo da Venezuela foi filmado na cidade de Popayán, onde manifestantes invadiram um pátio de carros apreendidos, ao lado da prefeitura.

A Venezuela promulgou uma nova Constituição?

O presidente da Venezuela Nicolás Maduro instituiu uma Assembleia Constituinte 2017, mas não chegou a produzir uma nova Constituição para o paísA Constituição da República Bolivariana da Venezuela que está em vigor foi criada em 1999 durante o governo de Hugo Chávez.

Conclusão

O vídeo que mostra manifestantes incendiando veículos foi filmado na Colômbia e nada tem a ver com uma suposta nova Constituição venezuelana!


Vídeo revela que as Torres Gêmeas caíram por explosões e que não havia aviões! Será?

Permalink - Posted on 2021-09-28 00:52

É verdade que as torres do World Trade Center caíram por causa de explosões e que os aviões foram adicionados posteriormente para dar a impressão de que os EUA foram atacados em 11 de setembro de 2001!

Mesmo após 20 anos após um dos ataques terroristas mais marcantes da história, cometido no dia 11 de setembro de 2001, muitas teorias conspiratórias ainda ganham fôlego nas redes sociais. Dessa vez, o que se espalhou (inicialmente, em inglês) foi um vídeo mostrando que não havia nenhum avião no momento das explosões nas Torres Gêmeas, o que provaria que os dois edifícios teriam implodido por causa de bombas e não por ataques externos!

Em apenas uma das publicações, feita no dia 07 de setembro de 2021, o vídeo com a denúncia já havia sido visto mais de 21 mil vezes, mas será que ele é real?

Vídeo mostra que não houve aviões nos ataques de 11 de setembro! Será? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdadeiro ou falso?

Desde a estreia do E-farsas na internet – em abril de 2002 – já desmentimos inúmeras notícias falsas que circulam na web a respeito dos ataques às Torres Gêmeas nos Estados Unidos. Em 2019, fizemos um vídeo com alguns desses desmentidos:

Voltando ao vídeo compartilhado em setembro de 2021, trata-se de uma montagem grosseira! Os aviões foram removidos da filmagem original, como podemos ver no vídeo abaixo:

As imagens do vídeo aí de cima foram feitas pelo jornalista Keith Lopez, a serviço do canal nova iorquino WPIX-TV (que mudou de nome para PIX11). Nessa reportagem do dia 11 de setembro de 2021, Lopez relembra que havia conseguido um dia de folga para levar seu filho no primeiro dia no jardim de infância, mas que acabou registrando um dos dias mais difíceis para ele e para o seu país.

Milhares de vídeos e provas

É muito fácil desmentir a versão de que nenhum avião se chocou contra as Torres Gêmeas. Basta fazer uma busca no YouTube para encontrar centenas de vídeos que mostram que dois aviões bateram nos edifícios, como essa transmissão ao vivo da CNN:

Em 2013, mais de uma década depois dos ataques terroristas, a polícia de Nova York encontrou mais provas de que aviões se chocaram contra as torres. Uma peça do trem de pouso com o número de série de uma das aeronaves envolvidas foi encontrada em um beco próximo do local onde morreram cerca de 3.000 pessoas.

Conclusão

O Vídeo que mostra as torres do World Trade Center explodindo sem aviões é falso! O vídeo foi adulterado para remover os aviões da cena!


Jornal italiano disse que Bolsonaro fez ressurgir o Brasil?

Permalink - Posted on 2021-09-25 13:21

Recorte mostra manchete de jornal italiano com os dizeres “A fama é ruim, mas nele se pode confiar”! Será verdade?

Um recorte de um jornal com a foto do presidente Jair Bolsonaro e escrito no idioma italiano começou a circular através de grupos do WhatsApp na segunda quinzena de setembro de 2021 e, segundo o texto compartilhado juntamente com a imagem, a notícia estampada na capa do jornal Libero Quotidiano estaria afirmando que Bolsonaro fez ressurgir o Brasil e que, apesar da fama ruim, pode-se confiar nesse político!

A publicação, que também se espalhou em outras redes sociais, não mostra quando o jornal teria publicado a matéria, dando a entender que se trata de algo recente.

Será que o jornal disse isso mesmo? Será que essa reportagem é real?

Jornal italiano faz elogios ao presidente Jair Bolsonaro! Será verdade? (foto: Reprodução/WhatsApp)

Verdade ou mentira?

A reportagem foi publicada pelo jornal, mas isso foi em 2019!

Abaixo, uma reprodução da matéria onde podemos ver a data da publicação (que foi removida, propositalmente ou não, da imagem que se espalhou em setembro de 2019):

Reprodução da matéria de 2019 do jornal italiano. A imagem que se espalhou em 2021 teve a sua data removida!

No dia 24 de novembro de 2019, o deputado federal Eduardo Bolsonaro publicou em seu perfil do Twitter o link com a reportagem italiana que exaltava o trabalho de seu pai à frente do Governo Federal:

Quem é o Libero Quotidiano?

O jornal italiano Libero Quotidiano foi fundado no ano 2000 e se posiciona como liberal de centro-direita e, mesmo com esse alinhamento político, já criticou algumas vezes (depois dessa publicação) atos do presidente Jair Bolsonaro. 

Em junho de 2020, por exemplo, o mesmo jornal Libero criticou falas de Bolsonaro em relação à pandemia e, no mês seguinte, condenou o fato do presidente não divulgar que estava contaminado com o novo coronavírus

Outras reportagens italianas

Uma busca por outras reportagens italianas sobre o governo de Jair Bolsonaro revela que nem toda a imprensa da Itália tem as mesmas impressões do presidente aqui do Brasil. Essa matéria do jornal Corrierre Della Serra de abril de 2020 (5 meses após a publicação do Libero Quotidiano) analisou a postura de 10 líderes mundiais no combate à pandemia e concluiu que Jair Bolsonaro teve a nota mais baixa

“Inspirado inicialmente em seu ídolo Donald Trump e atualmente quase isolado do resto do mundo em seu negacionismo, Jair Bolsonaro se depara com uma oposição interna com poucos precedentes na história do Brasil”, escreveu o correspondente Rico Cotroneo ao jornal

Nessa outra matéria, o Pressenza International Press Agency listou 50 frases ditas por Jair Bolsonaro ao longo do ano de 2019 e as classificou como “muitas vezes usados ​​como estratégia para desviar a atenção do que realmente importa, todo o horror de um pensamento cujo único propósito é destruir o tecido social através da vulgaridade de um fascismo de taberna”.

Conclusão

A reportagem italiana com elogios ao presidente Jair Bolsonaro é real, mas foi publicada no final de 2019 e compartilhada em setembro de 2021 como se fosse recente! De lá pra cá, a Economia brasileira teve muitos revezes, o desemprego teve grande alta e até mesmo o próprio jornal italiano que elogiou o presidente fez matérias posteriores criticando o líder do Executivo brasileiro!   


Cartazes com charge do Bolsonaro de Pinóquio foram colocados no metrô de Nova York?

Permalink - Posted on 2021-09-24 01:27

É verdade que o presidente foi retratado como Pinóquio em cartazes no metrô de Nova York após discursar na ONU?

A imagem começou a se espalhar nas redes sociais e em vários sites e blogs na segunda quinzena de setembro de 2021, logo após a visita do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, onde discursou em um evento das Nações Unidas. Nela podemos ver um conjunto de 3 cartazes que formam uma charge do presidente como o personagem Pinóquio.

No desenho, que – de acordo com o texto compartilhado – teria sido colocado numa estação do metrô de Nova York, Bolsonaro aparece com um enorme nariz de madeira. 

Sob os dizeres “Liar. Lousy. Loser“ (“mentiroso, péssimo e perdedor”, em inglês), o nariz do personagem transpassa os 3 cartazes mostrados.

Sites de oposição ao presidente, como o Brasil 247, publicaram a notícia da suposta chacota sofrida por Bolsonaro logo após a imagem começar a se espalhar. Outros sites de política, como o Poder 360 também publicaram a respeito, mas será que isso é verdade?

Após discursar na ONU, Bolsonaro virou chacota em cartazes no metrô de Nova York! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)

Verdade ou mentira?

Casos como esse levantam algumas dúvidas. A primeira delas é que apenas uma foto desses cartazes foi compartilhada. De acordo com seu site oficial, o sistema de metrô de Nova York transporta cerca de 5 a 6 milhões de passageiros por dia! É quase impossível que ninguém mais tenha pensado em tirar uma foto dessa charge tão pitoresca…

Outra dúvida que surge é: em qual estação essa foto foi tirada? O New York Subway possui mais de 450 estações.

Além dessas questões, o que muita gente deve ter se perguntado é: quem pagou pela propaganda e como conseguiram colocar uma charge política lá?

É permitido propaganda de cunho político no metrô de NY?

Fizemos uma busca nos documentos disponibilizados pela Metropolitan Transportation Authority, que administra o sistemas de metrô de Nova York, e descobrimos na lista de condições para a disponibilização de espaços para propagandas nas dependências do metrô de lá que as diretrizes proíbem expressamente qualquer menção política.

O artigo IV do documento deixa isso bem claro:

“[é proibido…] b. Defender ou expressar proeminentemente ou predominantemente uma mensagem política, incluindo, mas não se limitando a uma opinião, posição ou ponto de vista sobre disputadas questões econômicas, políticas, morais,  religiosas ou sociais ou relacionadas questões, ou apoio ou oposição a questões ou causas disputadas.” (Reprodução/MTA)

Se não pode, por que tem?

Se o aluguel de espaços para cartazes com teor político é proibido nas estações do metrô de Nova York, qual a explicação para essa imagem que viralizou nas redes sociais?

É que, na verdade, a imagem é uma montagem feita em cima de uma foto de 2018!

A imagem original foi publicada pela artista digital e fotógrafa Laura Panzo, em seu perfil no site Behance, em julho de 2018, e mostra um mockup (uma espécie de rascunho de projeto, feito geralmente para se mostrar ao cliente antes da confecção final do produto).

Na colagem abaixo, comparamos as duas imagens para mostrar que ambas possuem características semelhantes como o chão, sombras e as molduras, por exemplo:

No dia 23 de setembro de 2021, o site Brasil 247 substituiu o texto da sua reportagem sobre os cartazes no metrô de Nova York por outro, explicando que a imagem é falsa, preservando o mesmo link. Já o Poder 360 refez a reportagem, acrescentando no final um aviso de que houve correção.

Atualização 24/09/2021

Após a publicação dessa checagem, vários leitores entraram em contato nos ajudando a identificar o autor da obra. O ilustrador brasileiro Butcher Billy publicou a imagem em seus perfis nas redes sociais no dia 21 de setembro de 2021, mas não deixou claro que se tratava de uma montagem, o que deve ter induzido os mais desavisados a compartilhar como se aquilo fosse real!

A publicação feita no Instagram foi removida (não sabemos se foi retirada pelo próprio artista ou pela plataforma), a postagem do Facebook “ganhou” um aviso de “informação falsa” e a publicação feita no Twitter ainda está disponível:

Conclusão

É falsa a afirmação de que cartazes com uma charge do presidente Jair Bolsonaro como Pinóquio teriam sido colocados no metrô de Nova York após discurso do presidente na ONU! A imagem é uma montagem feita em cima de um trabalho de 2018 de uma designer chamada Laura Panzo. 


Podcast A Vida Fora da Caverna: O Inexplicável!

Permalink - Posted on 2021-09-23 23:40

Nesse episódio do podcast A Vida Fora da Caverna, Daniel Prado explica que eventos aparentemente inexplicáveis geralmente tem explicação! 

Você já presenciou um evento inexplicável? De uma forma bem didática, o ilusionista Daniel Prado mostra que eventos raros e aparentemente milagrosos podem ser explicáveis usando a ciência e a compreensão do Princípio da Improbabilidade, livro de David Hand.

Conheça o caso da menina inglesa que soltou um balão com uma carta amarrada a ele e que, “por coincidência”, acabou sendo encontrado por outra menina da mesma idade e com o mesmo nome, além de outros caso que parecem ser obras de ficção, mas que são fáceis de serem explicados!

Para ouvir ao episódio na íntegra, basta clicar no player abaixo:

O podcast A Vida Fora da Caverna tem episódios quinzenais e é produzido e apresentado pelo mágico ilusionista Daniel Prado


Fake em Nóis: O que tem a ver um erro no roteiro de Matrix e o carro movido a água?

Permalink - Posted on 2021-09-22 23:45

Nesse episódio do Fake em Nóis, Gilmar e Pirulla comparam uma falha no roteiro do filme Matrix, de 1999, com o carro a água! Entenda o que tem a ver uma coisa com a outra!

Com a estreia do trailer do novo filme de Matrix, os apresentadores do Fake em Nóis lembraram de um erro do primeiro filme da franquia, de 1999: 

(Atenção! Se você ainda não viu Matrix, aí vai um spoiler) 

O plano das máquinas de usar os humanos como eletricidade não daria certo porque o gasto energético para se manter humanos é muito maior do que a energia gerada por esses bípedes!

O mesmo acontece com o lendário carro movido a água. Esse tipo de invento nunca deu certo pelo mesmo motivo: o gasto energético para gerar o combustível é muito maior do que o ganho de energia gerada pelo motor.

Vários inventores já alegaram ter inventado carros que funcionam apenas com água, mas até hoje ninguém conseguiu fazer um desses funcionar de verdade e a lenda que corre sempre é que uma suposta máfia do petróleo não deixa esse invento ir pra frente…

Para saber mais sobre os motivos pelos quais o carro a água não funciona e o que aconteceu de verdade com os supostos inventores dessa “maravilha tecnológica” (que não funciona), clique no player abaixo:

Muito obrigado pela audiência e pelos comentários! O Fake em Nóis vai ao ar toda quarta-feira, às 18:30, no canal Mov do YouTube

Links consultados